ATENDIMENTO: (11) 970669272
Dicas

Como escolher uma boa picanha

Picanha boa

Escolhendo a Picanha Perfeita

Para saber se a picanha está mesmo bacana não precisa comer não. Olhando a carne com cuidado, você vai encontrar alguns pontos importantes para avaliar. Confira o que você deve procurar na sua carne perfeita a seguir.

 

Uma Gordura Uniforme

A picanha deve ser gordinha sim, mas no limite. Procure uma carne com faixas de gordura mais uniformes, como ao menos um centímetro de espessura e cobrindo a carne, mas sem falhas. Se a gordura for maior que esta espessura acima, você está comprando uma carne bem mais gorda e com menos sabor. Para cozinhar ela pode até servir, mas para um churrasco é carne demais.

 

Analise bem a Gordura da Picanha

A gordura é um dos pontos mais importantes para se avaliar em uma picanha. Primeiro observe se a carne está com uma gordura relativamente macia ou se no corte ela é muito resistente. Se você passar uma faca e ela for muito dura, é sinal de que a carne é velha e vai demorar bastante para assar, seja no forno ou na brasa. O melhor é desistir desta carne rapidinho e partir para procurar uma melhor.

 

Se for muito Grande, não é Picanha

A picanha é um pedaço pequeno de carne com no máximo 1 quilo e 200 gramas. Se você pegar uma peça muito grande na mão, ela tem outras partes do boi e não apenas a parte correspondente do animal que se chama picanha. Logo, pedaços grande demais são desconfiáveis. A peça deve ter no máximo um palmo de largura também.

 

A Picanha Deve ser Macia

Aperte a carne com os dedos. Se o dedo entrar mesmo, é sinal de que é uma carne bem macia e pode levar. Se estiver dura ou não é picanha ou é uma picanha velha e já ressecada, o que pode acontecer quando não é uma carne fresca e já foi descongelada algumas vezes.

 

O Vermelho é menos Intenso

A cor de uma picanha é bem menos vermelha que as demais carnes. É rosada, com uns pedaços mais clarinhos ainda quase brancos. Carne com tom vermelho demais não é original, nem mesmo a velha.

 

Ela Assa mais Rapidamente

Com a carne já em casa você pode testar a qualidade da sua carne comprada observando como sua carne assa. Na brasa, usando uma brasa moderada tipo branco ela assa super rápido. No geral ela assa primeiro por fora e ficar bem douradinha por dentro ou ainda crua. Se ela demorar demais a assar, pode parecer picanha por fora, mas não é por dentro.

 

Dicas de Preparo da Picanha

 

Corne em Fatias Grossas

Assim você aproveita em igual medida gordura e carne. Fatias mais grossas é mais fácil de cozinhar, mas não tão grosso porque para assar a picanha costuma ficar crua por dentro e até queima na parte de fora. Corte com faturas de dois centímetros de espessura.

 

Coloque Pouco Sal

A picanha já é uma carne salgada, por isso muito sal é exagero. O melhor é colocar sal por cima em pouca quantidade e deixar ao menos seis minutos a carne marinando para apurar o sal. E não reponha!

 

Jamais Coloque Abacaxi

Um dos grandes mitos que os cozinheiros brasileiros não profissionais informam é que colocando abacaxi a carne fica mais macia. Mito? Na verdade sim. As enzimas ácidas do abacaxi corrói a carne e tira um pouco do seu sabor. No caso da picanha, ela já é uma carna macia por natureza, então pode dispensar o seu uso.

 

Evite Colocar Limão

Você pode colocar apenas na hora de comer. Mas antes dispense o limão, pois a acidez vai dá ao alimento um gosto diferente e vai cortar todo o bom gosto da picanha.